NOTÍCIAS

Polícia Civil realiza diligências para identificar autores e receptadores de furtos no Cemitério


Polícia Civil realiza diligências para identificar autores e receptadores de furtos no Cemitério

Por | 19/05/2022

O delegado do 1º Distrito Policial e coordenador da Central de Polícia Judiciária, Dr. Daniel Gonçalves do Prado, confirmou que foram registrados alguns boletins na unidade policial relacionado a furtos de peças de cobre no Cemitério Municipal de Barretos e de fiação em residências desocupadas. Segundo o delegado, diligências estão sendo feitas com o objetivo de identificar os autores e os receptadores. “O mais importante é conseguir quebrar a cadeia de venda desses materiais de cobre, esses furtos irão diminuir ou cessar. O foco da nossa investigação, é tentar identificação dos receptadores”, explicou Dr. Daniel. O crime de furto simples tem pena de 1 a 4 anos e a receptação qualificada é um crime grave com prisão de 8 anos e sem ter fiança. “Orientamos os proprietários de ferro velho para que não comprem os produtos de origem duvidosa, porque a Polícia Civil está em cima, para identificar e prender quem está envolvido neste tipo de crime”, afirmou o delegado. Segundo a autoridade policial, a maioria dos envolvidos nos furtos de fios de cobre nas residências ou no Cemitério, são na maioria moradores de rua e usuários de crack. “Orientamos os proprietários de túmulos a mudar o material usado para não chamar a atenção e os proprietários para não deixarem as casas abandonadas”, orientou.