NOTÍCIAS

UBSs realizam ações educativas sobre prevenção e combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

As 33 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Sorocaba vêm realizando, ao longo do mês de maio, diversas ações educativas sobre prevenção e combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A iniciativa faz parte de um projeto de conscientização em virtude da campanha “Maio Laranja” e do “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído em 18 de maio, pela Lei nº 9.970, de 2000.

As UBSs Mineirão, Nova Esperança, Barão, Cerrado, Fiori, Sorocaba 1, Vila Haro e Vila Hortência realizaram, na própria data, uma exposição com cartazes informativos e orientações na sala de espera das unidades. Na Vila Santana, a mesma ação foi feita no dia 20.

Nas UBSs Brigadeiro Tobias, Jardim Rodrigo e Márcia Mendes, além da exposição de cartazes, foi realizada panfletagem e abordagem junto aos munícipes nas recepções dos locais. Na UBS Barcelona, o projeto ocorreu em parceria com o Fundo Social de Solidariedade (FSS), por meio de uma palestra sobre “Cuidados com nossas crianças e adolescentes”, ministrada por Alexsandra Guiomar Lúcio.

No mesmo dia, as UBSs Sabiá e São Bento contaram com a parceria dos graduandos de Enfermagem da Faculdade Anhanguera na conscientização da comunidade local. As unidades São Guilherme e Aparecidinha realizaram roda de conversa e exposição do tema. Nas UBSs Angélica e Laranjeiras, houve palestras realizadas por profissionais da escola de Enfermagem Anna Nery. Na unidade Ulisses Guimarães, foi feita abordagem lúdica e conscientização com equipe da Saúde Mental, ação igualmente executada na UBS Maria do Carmo nesta quarta-feira (25).

A cor laranja, referente ao tema, foi usada na decoração da UBS Maria Eugênia, que também fixou cartazes para chamar a atenção para o tema dos munícipes. Já, a UBS Lopes de Oliveira abordou, além do assunto central, sobre educação sexual e gravidez na adolescência e repetirá a ação no dia 27 de maio.

Ainda no dia 18, a UBS Wanel Ville exibiu painéis com dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), alertando sobre os tipos de violência por faixa etária. De 16 a 20 de maio, a UBS Carandá trabalhou com informativos e, no dia 17, fez orientações à população, em parceria com os estudantes de Enfermagem da Universidade Paulista (UNIP). No dia 19, a ação junto com a mesma universidade foi na UBS Paineiras. Nesse mesmo período (16 a 20/5), a UBS Escola realizou palestras e fixou cartazes pela unidade.

Por sua vez, a UBS Éden programou, para os dias 3, 10, 17, 24 e 31 de maio, uma roda de conversa com professores e alunos do 3º ano do Ensino Médio de diversas turmas da Escola Estadual “Francisco Coccaro”, sobre convivência familiar, autoestima, valorização e redes sociais.

Por fim, a UBS Nova Sorocaba contou com palestras de estudantes da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC), no dia 17, e as UBSs Cajuru e Jardim Simus trataram, no dia 19, sobre o tema com palestra, dinâmica, leituras, desenhos e distribuição de pipoca. No dia 20 de maio, a UBS Vitória Régia fez um trabalho de comunicação, com folders e sensibilização junto à comunidade local.

“Esse trabalho conjunto das UBSs das várias regiões da cidade é fundamental no alerta sobre esse tema sensível, referente ao combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. Além disso, essas ações possibilitam às unidades uma proximidade e laços, ainda maiores, com suas respectivas comunidades”, destacou o secretário da Saúde, Dr. Cláudio Pompeo.

Denúncias sobre violência ou abuso sexual contra crianças e adolescentes devem ser feitas ao Conselho Tutelar, pelo telefone: (15) 3235-1212 e 125 (atendimento 24 horas); à Guarda Civil Municipal (GCM), pelo 153; Polícia Militar (PM), pelo 190; ou pelo Disque 100.