NOTÍCIAS

Sorocaba participa de Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

Sorocaba está participando da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal (vigência 2021-2022), conhecida como SB Brasil. Trata-se de um estudo sobre as condições de saúde bucal da população brasileira, que deve ser realizada com aproximadamente 50 mil pessoas que moram em 422 municípios (395 cidades do interior, 26 capitais e o Distrito Federal).

O objetivo do levantamento é proporcionar à gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) informações para o planejamento de políticas e programas de promoção, prevenção e assistência em saúde bucal, nas esferas nacional, estadual e municipal.

Essa pesquisa está sendo conduzida pelo Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Geral de Saúde Bucal, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com apoio de estados, do Distrito Federal, municípios, instituições representativas da odontologia, universidades e institutos de pesquisa em saúde pública.

O levantamento epidemiológico de saúde bucal “SB Brasil 2020” é parte essencial do componente de vigilância em saúde da Política Nacional de Atenção à Saúde Bucal – Brasil Sorridente.

Por meio desse componente, a partir de 2000, foram realizados dois importantes inquéritos nacionais sobre a saúde bucal da população brasileira: o Projeto SB Brasil 2003 e o Projeto SB Brasil 2010. Os dados do estudo de 2003 subsidiaram a concepção da Política Nacional de Saúde Bucal, reforçando a incorporação das Equipes de Saúde Bucal (ESB) na Estratégia Saúde da Família e a criação dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO).

A coleta de dados é feita em domicílio. Em Sorocaba, o setor censitário selecionado pelo Ministério da Saúde foi a região da Vila Hortência. A equipe da Secretaria da Saúde (SES) de avaliadores é formada por Cecilia Garcia Castro (técnica administrativa); Elisângela Marques (auxiliar de saúde bucal) e Patrcia Troiani (cirurgiã dentista).

Em decorrência da pandemia, foram reforçadas as medidas de biossegurança, trazendo proteção para a população avaliada e os pesquisadores. Os profissionais que estão fazendo a pesquisa já atuam na Atenção Primária e assumirão um papel fundamental na composição das equipes de campo, estando devidamente identificados.

“É muito importante que a população participe da ação, contribuindo com o levantamento no município de Sorocaba para que seja aprimorado o planejamento e a assistência bucal ofertada”, destaca o secretário da Saúde, Dr. Cláudio Pompeo.